Maternidade Júlio Dinis é hospital amigo dos bebés

28-11-2009 17:42
Primeira unidade do Norte certificada pela OMS e UNICEF por estimular aleitamento materno.
 

A Maternidade Júlio Dinis, no Porto, é o primeiro hospital da Região Norte distinguido como "Amigo dos Bebés", uma certificação da OMS e da UNICEF para as unidades de saúde que melhor estimulam o aleitamento materno.

Todos os hospitais do Norte com maternidade concorreram à certificação, mas só a "Júlio Dinis" (integrada no Centro Hospitalar do Porto) foi distinguida, sendo o quarto hospital de Portugal "Amigo dos Bebés". No resto do país, já foram contemplados com a classificação, em 2005, o Hospital Garcia de Orta, em Almada, em 2007, a Maternidade Bissaya Barreto, em Coimbra, e, em 2008, o Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio.

A iniciativa Hospitais Amigos dos Bebés é um programa mundial lançado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pela UNICEF para promover, proteger e dar apoio ao aleitamento materno através da mobilização dos serviços de Obstetrícia e Pediatria dos hospitais e dos centros de saúde. Para obterem a certificação, as unidades têm de cumprir "de forma consistente e sustentada" as dez medidas para um aleitamento materno com sucesso (ler em baixo), e sujeitar-se a uma auditoria externa por especialistas credenciados pela OMS e UNICEF.

No caso da Maternidade Júlio Dinis, foram precisos dois anos para formar todos os enfermeiros e médicos da especialidade, explicou, ao JN, Luísa Matos, enfermeira-chefe que acompanhou todo o processo da candidatura. Os mandamentos para um aleitamento com sucesso foram cumpridos à risca, de modo a combater a cultura do leite artificial que se instalou na geração de mães que actualmente têm cerca de 30 anos.

Entre as várias medidas adoptadas, a maternidade baniu as chupetas e os biberões - "quando as mães não podem amamentar, o bebé toma o leite por um copinho" -, assegura que os recém- -nascidos ficam 24 horas com as mães, criou cantinhos de amamentação e acabou com a publicidade a leites artificiais. Além disso, todas as mães recebem informação sobre os benefícios do aleitamento materno para o bebé e também para o bolso: "O leite em pó para um bebé durante os primeiros seis meses custa quase 900 euros", afirma Luísa Matos.

A enfermeira-chefe, que trabalha na Maternidade Júlio Dinis há 25 anos, lembra-se de, no início, haver uma funcionária destacada só para preparar leite artificial para os bebés. Os tempos mudaram e há números que atestam essa evolução. Em 1989, 76% das parturientes da maternidade davam exclusivamente leite materno aos seus filhos no primeiro mês de vida. Em 2008, a percentagem subiu para os 91%.

A mudança de mentalidades percebe-se também pelas compras da unidade de saúde, que já recebe as grávidas do "Santo António". No primeiro semestre de 2008, comprou 7504 doses individuais de leite artificial. De Janeiro a Julho deste ano, com um número de partos semelhante, foram necessárias apenas 3038 doses. Por ser "amiga dos bebés", a "Júlio Dinis" não pode aceitar amostras grátis de leite artificial.

 

Fonte: Jornal de Notícias

—————

Voltar


Contacto



Bárbara Correia Nunes
Tm: 927181198 (moche)
Carcavelos

Patrícia Paiva
Tm: 968795188 (moche)
Corroios



 Venda de Calendário

 Mamar ao Peito 2012

Encomende Aqui!!!

 


 Venda do Livro

Manual Prático do Aleitamento Materno

 

  Preço: 9,90€

  Portes: +1,80€

  Contra-Reembolso: +2,20€

  Quer encomendar?

  Envie um mail para mamaraopeito@hotmail.com 
 

 


Blog

Passatempo Mamar Ao Peito - "Sou melhor que as modelos da Pirelli"

31-08-2009 00:00

—————

A minha Paixão... (BABS)

25-08-2009 14:09

—————

Mastite

23-08-2009 00:00

—————

Susana Margarido e a Almofada de Amamentação

18-08-2009 00:00

—————

Workshop - Amamentação... o Início do Sucesso!

13-08-2009 00:00

—————

Workshop - Amamentação e Regresso ao trabalho

13-08-2009 00:00

—————

Poema... e testemunho

12-08-2009 00:00

—————